0

Reposição hormonal

A reposição hormonal é vista hoje de uma forma meio medieval, como causa de câncer e de vários outros problemas, mas não é bem assim.

Quando a reposição hormonal é usada?

A reposição hormonal é usada quando as taxas hormonais internas das mulheres e dos homens passam a ser tão baixas que causam muitos distúrbios, sintomas e alterações de saúde.

Hoje existem vários consensos que apontam que, a reposição hormonal deve ser feita o mais precocemente possível, quando a mulher ainda estiver entrando na menopausa. Nem toda mulher precisa do tratamento de reposição hormonal, mas para as mulheres que necessitam, o tratamento de reposição hormonal é imbatível.

A reposição hormonal possui alguma desvantagem?

Talvez a maior desvantagem seja a doença tromboembólica. Pessoas que tem predisposição para a doença – e que na imensa maioria das vezes irão relatar um episodio tromboembólico antes da reposição – não devem usar hormônios esteroides – estrogênio, progesterona e testosterona.

É verdade que o hormônio usado na reposição hormonal pode provocar câncer?

Há muita confusão quanto a isso, boa parte das estatística que a gente vê são americanas, e nas estatísticas americanas, o câncer de mama é o dobro de incidência das mulheres brasileiras.

Além de tudo, a reposição hormonal realizada já nos primeiros anos da menopausa, ao contrário do que se diz, protege contra o câncer de intestino e câncer de mama. Mas naqueles pacientes com uma determinação genética e ambiental para o câncer de mama, a reposição hormonal provavelmente vai fazer com que esse câncer apareça; associar diretamente o aparecimento do câncer com a reposição hormonal, sem levar em consideração outros fatores é um engano e isso é o fator principal que impede que haja uma maior flexibilidade nesse tipo de tratamento pelos próprios médicos.

Os médicos temem que, ao dar hormônio ao paciente, o paciente também associe o aparecimento do câncer à reposição hormonal. Esses cânceres são típicos de uma idade mais avançada, em um momento em que as taxas hormonais se encontram menores. Se fosse exclusivamente hormônio dependente, o câncer predominaria em idade mais nova, quando os hormônios estão elevados.

Tem algo a dizer? Vá em frente!